Federação Israelita do Estado de São Paulo é homenageada com Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

As comemorações dos 70 anos da Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp), tiveram início nesta segunda-feira, 13 de março, com uma Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, por iniciativa do Deputado Fernando Capez.

O evento contou com a presença maciça de lideranças da comunidade judaica, rabinos e ex-presidentes que prestigiaram a homenagem à entidade-teto de todas as instituições judaicas do Estado,  e quem tem como principal bandeira  fortalecer o judaísmo, preservar a continuidade dos valores e tradições judaicas, participar ativamente na vida nacional, valorizar a comunidade  e desempenhar o importante papel de ser o elo de ligação com a comunidade maior.

“Não é a Assembleia Legislativa que homenageia a Federação Israelita,  mas a Federação que consagra o povo de São Paulo aceitando vir a nossa casa receber esta Sessão Solene, que foi aprovada por unanimidade pelos líderes desta casa. O Estado de São Paulo e o Brasil tem muito o que aprender com as tradições do povo judeu, bem como seu apego a fé, à família, às tradições, ao diálogo e à visão construtiva”, destacou o Deputado Fernando Capez.

A Sessão Solene contou com a execução dos hinos de Israel e do Brasil, com a exibição de um filme sobre os 70 anos da Fisesp e apresentação musical de Alexandre Edelstein e Pipo Grytz além de discursos do  promotor Roberto Livianu, do presidente do Grupo One Health, Claudio Lottenberg, da ex-presidente da Fisesp, Vera Bobrow, do presidente da Conib, Fernando Lottenberg, do secretario Daniel Annenberg, representando o prefeito João Doria e do secretario Floriano Pesaro, representando o governador Geraldo Alckmin .

Emocionado, Bruno Laskowsky, presidente da Fisesp, discursou na tribuna oficial e destacou a importância do trabalho voluntario como a grande força da comunidade judaica, que está preocupada com o seu dia a dia, mas também em servir a comunidade maior. “Não somos muitos, mas temos um ecossistema de entidades bastante atuantes que fazem parte da arquitetura deste Estado. Hoje somos todos cidadãos brasileiros, cientes das nossas obrigações com o país que nos abrigou e nos recebeu com respeito. Nesse país de potencial imenso, procuramos organizar uma comunidade judaica dinâmica, engajada, que trabalha na busca da harmonia social e contra o preconceito e a discriminação e que realiza ações sociais em prol de toda a sociedade brasileira”, destacou  Laskowsky.

Os 70 anos da Federação Israelita do Estado de São Paulo

No ano de 1946, o Brasil vivia um novo momento em sua história: a Assembleia Nacional Constituinte inspirava nossos dirigentes. Durante o decorrer da Segunda Guerra Mundial o clima era de apreensão e expectativa. Ao final do conflito, com o conhecimento das atrocidades cometidas pelos nazistas, tornava-se urgente o acolhimento dos milhares de refugiados da guerra. Muitos deles escolheram como destino o Estado de São Paulo, o qual já contava com entidades judaicas bastante estruturadas.

Surgiu, então, a necessidade de uma Federação que coordenasse esta importante missão e criasse os alicerces para uma comunidade organizada. A Federação Israelita do Estado de São Paulo foi fundada por Leon Feffer (Z’L) e teve como primeiro presidente Moysés Kaufman (Z’L).

(Visited 24 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *