Menu

Comunidade Judaica do Brasil lembra vítimas de Pittsburgh

2018-11-07 - Uncategorized

As 11 vítimas mortas na Sinagoga Árvore da Vida, em Pittsburgh, foram lembradas em cerimônias e atos por todo o Brasil. Atos em memória dos mortos ainda seguem esta semana. Em Brasília, o ato acontece no dia 9. Veja abaixo, algumas das homenagens ocorridas pelos diversos estados do país.

Na sexta, dia 2, a Sociedade Israelita da Bahia, SIB, conduziu um serviço de Haskará, mencionando o nome de cada uma das vítimas. O Presidente da SIB, Miguel Kertzman, salientou o fato de que aquele foi o maior ataque antissemita em solo americano e que, em um mundo que parece se afastar cada vez mais dos valores democráticos, não podemos compactuar com ideias discriminatórias de qualquer espécie”.

Na mesma data, a Sociedade Israelita do Ceará, durante o Cabalat Shabat na sinagoga Beit Yaakov, realizou a sua tocante cerimônia de Hazkará e também nomeou uma a uma as vítimas, na intenção de personificá-las e aproximá-las aos presentes. Segundo a presidente, Ivelise Strozberg, ressaltou-se também a importância de cada pessoa na vida comunitária e a necessidade de cuidarmos uns dos outros.

Na Sinagoga Beit Yaacov de Curitiba, perante um público de aproximadamente 200 pessoas, foi realizada homenagem póstuma com leitura dos nomes de todos que pereceram. O Kadish foi pronunciado.

No final de semana, em Belo Horizonte, dezenas de pessoas marcaram presença em frente ao monumento dos mártires do Holocausto, no Cemitério Israelita de Belo Horizonte, para a hazkará em homenagem aos mortos de Pittsburgh.

Em São Paulo algumas sinagogas fizeram, no último Shabat, homenagens às vítimas de Pittsburgh: a Congregação Israelita Paulista (CIP), bem como o Beit Chabad do Itaim e a Sinagoga do Morumbi. Nesta próxima semana, a Comunidade Shalom também fará uma homenagem durante o Cabalat Shabat.

No Rio de Janeiro, o Beit Lubavitch do Leblon lembrou, em solenidade as vítimas do atentado.

A kehilá do Recife prestou uma justa homenagem às vítimas do ataque, durante o último Kabalat Shabat. O grupo jovem Zehut conduziu a cerimônia. Com muita sensibilidade mesclou-se orações e reflexões. Confeccionou-se também de uma árvore da vida, com mensagens de apoio e solidariedade.

Comments

comments

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *