Menu

Campanha “Eu Dou Sangue Pela Paz reuniu entidades árabe e judaica em mutirão de doação de sangue na A Hebraica

2018-09-26 - Uncategorized

No dia 21 de setembro data em que foi celebrado o Dia Internacional da Paz, foi realizada a Campanha “Eu Dou Sangue Pela Paz”, em parceria com A Hebraica, Hospital Albert Einstein, Sírio Libanês e Caminho de Abrãao.

A ação, que contou com o apoio da Conib e da Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) reuniu líderes comunitários, religiosos, formadores de opinião, representantes de times de futebol e voluntários na A Hebraica, em um grande mutirão para doar sangue, com o objetivo de reforçar o respeito e a tolerância entre as diversas comunidades.

O evento contou com pronunciamentos dos presidentes da Hebraica, Conib e Fisesp, Daniel Bialski, Fernando Lottenberg e Luiz Kignel, além de Silvano Wendel, do Banco de Sangue do Hospital Sírio Libanês e Fabio Kadi, do Esporte Clube Sírio, que reforçaram a importância da doação de sangue e o simbolismo desse ato, que mesmo em um momento de tanta polarização e radicalização, demonstrou que somos todos irmãos e estamos unidos por uma causa nobre.

“Sangue não tem raça, cor, religião, partido político, nem time de futebol. Sangue é o que nos une e nos equipara”, afirmou Debi Aronis, coordenadora geral do Movimento.

Esta foi a terceira edição da ação “Eu Dou Sangue pela Paz”, que foi realizada pela primeira vez em setembro de 2014, durante a guerra de Gaza, na qual líderes judeus, árabes, palestinos e outros líderes religiosos se reuniram para doar sangue e mostrar ao mundo a união, o respeito e a tolerância, promovendo a convivência respeitosa e a cultura de Paz.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *