Menu

‘Tucano tem apoio da comunidade judaica maior que Bolsonaro’, diz líder

2018-09-13 - Uncategorized

Em matéria publicada na Folha de S.Paulo, a repórter Thaís Bilenky conta que apesar da repercussão do apoio de empresários judeus a Jair Bolsonaro (PSL), líderes dizem que Geraldo Alckmin (PSDB) tem simpatia maior da comunidade judaica. O advogado Fernando Lottenberg, presidente da Conib (Confederação Israelita do Brasil), afirmou que, na comunidade “tem gente de todos os quadrantes”, da esquerda à direita, mas a maioria tem preferência por um candidato de centro, sendo o PSDB muito forte na comunidade.

Lottenberg acompanhou Alckmin em visita nesta segunda-feira (10) à sinagoga Beit Chabad, na capital paulista, para uma reza de Rosh Hashaná, o ano novo judaico, celebrado no domingo (9). O rabino Shabsi Alpern o recebeu inicialmente para uma conversa reservada, em que foi servido bolo de mel, seguindo o simbolismo judaico para que o ano novo seja doce. Segundo relatos, o rabino incentivou Alckmin a seguir o caminho da moderação e do diálogo e entregou um retrato do tucano apertando o cinto para dizer que a população passa por apertos e o governo tem de dar o exemplo. Sugeriu que Alckmin usasse essa imagem na campanha.

Depois, dentro da sinagoga, o rabino entregou uma placa com a Bênção dos Sacerdotes para o candidato levar consigo “nas próximas semanas”. “Que o Brasil seja um lugar de paz, de saúde e alegrias, que todos nós merecemos”, discursou Alpern.

O tucano agradeceu e não se pronunciou. Horas depois, em outra agenda, disse que, se eleito, irá “apertar o cinto do governo para não apertar o cinto do povo. A população já está muito sacrificada”. “Temos uma comunidade judaica em São Paulo maravilhosa, com grande trabalho social, nas artes, na ciência, na academia, no mundo da economia”. “Recebi uma bênção que encheu meu coração de alegria”, disse Alckmin após visita a sinagoga em feriado judaico.

Comments

comments

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *