Menu

Seminário em Jerusalém contou com participação brasileira

2018-07-11 - Uncategorized

No mês de junho, aconteceu em Jerusalém seminário organizado pelo Ministério de assuntos estratégicos e Diplomacia Pública. O evento, denominado Coalizão Global para Israel, contou com a presença do diretor geral da Conib, Sergio Napchan. André Lajst, diretor executivo do Stand With Us no Brasil, também esteve presente.

“Tivemos a oportunidade de escutar as palavras do Ministro de segurança Pública e assuntos estratégicos do estado de Israel, sr. Gilad Erdan, além das palavras do líder da oposição, Sr Isaac Herzog, que será o novo presidente da Agência Judaica Mundial, importante parceiro técnico da CONIB em assuntos de educação e desenvolvimento comunitário”, contou Sergio Napchan.

O grande objetivo deste encontro foi apresentar uma plataforma estruturada e bem consolidada de trabalho, onde líderes em diferentes campos da sociedade israelense, bem como representantes das comunidades judaicas espalhadas pelo mundo, puderam colaborar na busca por maior equilíbrio e respeito em relação à legitimidade do Estado de Israel, e condições dignas para comunidades da diáspora, especialmente na Europa, onde os judeus estão tendo que enfrentar grandes desafios.

“Falou-se das oportunidades que estão surgindo desta aproximação cada vez maior entre as comunidades judaicas e o Estado de Israel, das experiências bem-sucedidas e o que se pode aprender daquelas que não tiveram êxito ao longo dos últimos anos”, explicou Napchan.

Para o diretor da Conib, outro aspecto bastante analisado foi o crescimento do discurso de ódio nas redes sociais. “Um dos momentos marcantes foi a fala do sr. Malcom Hoenlein, representando um grupo das maiores organizações judaicas dos Estados Unidos. Ele destacou diversas iniciativas possíveis de serem implantadas com apoio da opinião pública de diferentes países”.

Um dos painéis foi dedicado aos processos de financiamento que os grupos de discurso de ódio que tentam deslegitimar o Estado de Israel utilizam, e em que medida os mecanismos legais podem e devem ser otimizados na direção da superação desta circunstância. O papel que desempenham as agências de notícias e também como potencializar a utilização das mídias sociais a favor dos objetivos das organizações, foram outras questões abordadas.

“Foi uma jornada de estudo de 72 horas espalhadas ao longo de 3 dias. Certamente, poderá nos ajudar a trabalhar melhor com toda esta temática que se apresenta na modernidade. Eventos desta natureza demonstram que é cada vez mais importante promover o diálogo entre o Estado de Israel e as Comunidades Judaicas ao redor do mundo”, finalizou Sergio Napchan.

Comments

comments

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *