Menu

Nota Oficial – Participação de Israel na 22ª Parada do Orgulho LGBT

2018-06-05 - Uncategorized

A Federação Israelita do Estado de São Paulo, representante da comunidade judaica paulista, registra seu repudio aos manifestos assinados pelo Coletivo LGBT PRISMA e Setorial LGBT do PSOL/SP, além de outras entidades buscando, de forma preconceituosa, deslegitimar a participação do Consulado Geral de Israel na 22ª Parada do Orgulho LGBT, realizada no último domingo, em São Paulo.

Lamentável que em um evento onde se prega a diversidade e o respeito à livre manifestação, se pretenda excluir a única democracia do Oriente Médio que aceita e respeita os grupos LGBT que ali convivem de maneira harmoniosa. Os mesmos que protestam contra a participação do Estado de Israel defendem países que, não apenas proíbem qualquer manifestação LGBT, como torturam e condenam à morte seus adeptos e simpatizantes.

A Parada do Orgulho LGBT tem como objetivo primordial conferir legitimidade e respeito à comunidade LGBT, respeitando a diversidade de gêneros e a opção pessoal de cada indivíduo. Aproveitar o evento para manifestações antissionistas, que nada mais são do que o mais puro antissemitismo, atesta nosso constante alerta contra aqueles que querem a qualquer custo demonizar o Estado de Israel.

Registramos nosso agradecimento aos demais organizadores da 22ª Parada do Orgulho LGBT e aos que apoiaram a participação de Israel que, tal qual a FISESP, condenaram veementemente as manifestações de caráter preconceituoso.

Comments

comments

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *