Federação Israelita comemora 70 anos em grande estilo

A aclamada Orquestra Filarmônica Jovem de Israel subiu ao palco da Sala São Paulo,  no dia 15 de novembro, para marcar em grande estilo os 70 anos da Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp).

Sob a regência do maestro Eyal Ein-Habar, e com solos do prodigioso violinista Guy Braunstein, músico que por treze anos foi spalla da Filarmônica de Berlim, o programa colocou em evidência a música romântica de Johannes Brahms.

Reconhecida por seu   altíssimo nível e com dois discos gravados com o legendário maestro Zubin Mehta, Orquestra Filarmônica Jovem de Israel, emocionou ao público durante a execução do Hatikva – Hino de Israel e deixou a plateia extasiada ao executar a brasileiríssima Tico-Tico no Fubá.

Quem prestigiou o evento,  teve a oportunidade de conferir a exposição com fotos dos ex-presidentes e conheceu em primeira mão o livro “FISESP 70 anos Juntos Fazemos Mais”, em comemoração ao aniversário da  entidade teto da comunidade judaica paulista, que por meio de suas 60 entidades federadas e projetos sociais beneficia anualmente mais de 100 mil pessoas da comunidade maior no Estado de São Paulo.

“Foi uma honra subir ao palco da Sala São Paulo e conduzir a Filarmônica nesse evento em comemoração aos 70 anos da Federação Israelita do Estado de São Paulo”, destacou o Maestro  Eyal Ein-Habar, que já havia se apresentado no país como flautista, mas nunca como Maestro.

Para dar continuidade às comemorações dos 70 anos, no dia 17, a Orquestra Filarmônica Jovem de Israel, levou sua música clássica para a quadra do Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Unidos de Vila Maria, escola do Grupo Especial do samba de São Paulo.

Nesse encontro nada convencional, a Filarmônica Jovem de Israel, tocou para o público da comunidade obras de Brahms, e novamente  o  Tico-Tico no Fubá. Já a Unidos de Vila Maria, fez um mini desfile para os músicos da orquestra israelense, e a noite terminou com muita animação e com todos “caindo no samba”.

“Este foi mais do que um encontro do samba com a música clássica, foi um presente da comunidade judaica de São Paulo à comunidade da Vila Maria – grande região da Zona Norte de São Paulo, com população de mais de 100 mil pessoas”, destacou o presidente da Federação Israelita do Estado de São Paulo, Bruno Laskowsky.

No sábado, 18 de novembro, a comunidade judaica presenteará a cidade de São Paulo com mais um concerto da Orquestra Filarmônica Jovem de Israel na Sala São Paulo. Adquira seu ingresso em www.ingressorapido.com.br

Comments

comments

label

About the author

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *